‘Banho escocês’ é técnica para acabar com o sono pela manhã

Sem Parar

Se você tem dificuldades para acordar, a solução é o “banho escocês”. Ele dura apenas 90 segundos e pode ter o mesmo efeito da cafeína

Se você é do tipo de pessoa que demora a despertar pela manhã, já deve ter tentado diversos truques para conseguir acordar – de fato – depois de levantar da cama. O banho costuma ser um dos métodos preferidos, mas não funciona para todo mundo. E isso tem uma explicação.

O banho tomado pela manhã geralmente é quente e, quando isso acontece, a temperatura do corpo sobe – com a água quentinha – e logo depois sofre uma queda no momento em que se desliga o chuveiro para sair do box e se enrolar na toalha.

Já pensou em tomar um banho de um minuto e meio e ficar acordado para o resto do dia? É a promessa do

Já pensou em tomar um banho de um minuto e meio e ficar acordado para o resto do dia? É a promessa do “banho escocês”

Foto: Thinkstock/Getty Images

De acordo com especialistas consultados pelo site americano Byrdie, a queda de temperatura do corpo, provocada na hora de sair do box, nos prepara para dormir, realizando um efeito calmante no sistema nervoso ao invés de cumprir com o propósito esperado, que seria despertar para começar o dia.

Mas segundo o site Lifehack, existe um segredo para que seu banho matinal realmente te desperte – até mais do que uma xícara de café – e ainda te deixe acordado durante o dia. A técnica para este banho “milagroso” é conhecida popularmente como “banho escocês” e dura apenas 90 segundos, ou seja, uma ducha de um minuto e meio pode ser sua salvação pela manhã!

Banho escocês

Por mais que pareça simples, o primeiro passo da nova técnica para sua ducha matinal pode ser muito difícil: os primeiros 30 segundos devem ser de água gelada.

Depois de ter passado pelo meio minuto mais longo e difícil de sua manhã, a ducha fica um pouco mais agradável: 30 segundos de água quente sobre o corpo. O segredo desta técnica, chamada de “hidroterapia quente e fria”, é alterar drasticamente a temperatura do corpo em intervalos de 30 segundos.

Por isso, por fim, mais uma etapa complicada: os últimos 30 segundos também são gelados. Depois dele, você poderá desligar o chuveiro. De acordo com a publicação, apesar de parecer muito desconfortável, essa técnica de hidroterapia é segura e usada ao redor do mundo há muitos anos.

A lógica por trás do “banho escocês” é o fato de o grande contraste de temperatura abrir as pequenas veias da superfície corporal – chamadas de capilares – e consequentemente aumentar o fluxo sanguíneo. As consequências dessa prática para o corpo vão além do despertar: ela pode fortalecer o sistema imunológico, melhorar a circulação e ainda aumentar a habilidade do corpo de queimar calorias.

Mas se para você, sair de debaixo das cobertas diretamente para um banho gelado parece mais um pesadelo, a dica é começar por uma água morna e, aos poucos, diminuir a temperatura da água.



Sem Parar

Comentários: (0)







Sem Parar