Mostra de paisagismo é destaque na Expoflora

Proposta de sustentabilidade e cultivo caseiro de flores e hortas norteiam os 20 ambientes apresentados na exposição de flores e plantas ornamentais de Holambra

Nesta sexta-feira (28) a cidade de Holambra, no interior paulista, recebe mais uma edição da Expoflora, exposição de flores e plantas ornamentais que antecipa as novidades do segmento para a primavera.

Aberto ao público até 27 de setembro, o evento ocupa uma área total de 250 mil metros quadrados, onde os visitantes podem conhecer e comprar mais de três mil variedades de 350 espécies plantas e desfrutar de atrações tradicionais como as apresentações de danças holandesas, país colonizador da região, e a chuva de pétalas de rosas.

Nesse ano, os produtores apostam na maior durabilidade e resistência dos produtos para conquistar a clientela. Plantas de jardim estão entre os lançamentos, como as kalanchoes resistentes ao hormônio do envelhecimento que podem, assim, sobreviver vistosas por mais de três semanas (mesmo quando cortadas pela raíz e colocadas em um vaso abstecido apenas com água), e as petúnias que podem ser cultivadas sob o sol, além de serem resistentes ao frio e à chuva.

Com o tema “Frutos do jardim”, a mostra de paisagismo também é destaque e apresenta 20 ambientes que oferecem diferentes propostas para os espaços externos das casas: relaxamento, convívio social ou cultivo de flores, hortaliças e frutíferas. O conceito de sustentabilidade é estimulado por meio de composteiras, produtos de captação da água de chuva e acabamentos de móveis e pisos.

Veja na galeria abaixo todos os projetos em exibição:

No jardim da entrada, o paisagista Alexandre Galhego optou por plantas esculturais com folhagens grandes para chamar atenção sensorial dos visitantes (Expoflora 2015)

No jardim da entrada, o paisagista Alexandre Galhego optou por plantas esculturais com folhagens grandes para chamar atenção sensorial dos visitantes (Expoflora 2015)

Foto: Divulgação/Fabiano de Bruin

Seis mil plantas integram o ambiente criado por Paulo Teodoro e Maristela Monfardini Van De Broek com o objetivo de ser um espaço onde as pessoas possam plantar e colher os produtos dessas plantações (Expoflora 2015)

Seis mil plantas integram o ambiente criado por Paulo Teodoro e Maristela Monfardini Van De Broek com o objetivo de ser um espaço onde as pessoas possam plantar e colher os produtos dessas plantações (Expoflora 2015)

Foto: Divulgação/Fabiano de Bruin

O paisagista Nivaldo Dellagostini criou um espaço para relaxamento, onde se possa aproveitar a produção de oxigênio das plantas e a umidade dos lagos ornamentais para renovar as energias. Projeto luminotécnico de João Eleno de Oliveira (Expoflora 2015)

O paisagista Nivaldo Dellagostini criou um espaço para relaxamento, onde se possa aproveitar a produção de oxigênio das plantas e a umidade dos lagos ornamentais para renovar as energias. Projeto luminotécnico de João Eleno de Oliveira (Expoflora 2015)

Foto: Divulgação/Fabiano de Bruin

Ambiente criado pelo paisagista Alexandre Ayres trabalha a harmonia entre as artes plásticas, assinadas por JMangabeira e Lya Bettini, com o floral (Expoflora 2015)

Ambiente criado pelo paisagista Alexandre Ayres trabalha a harmonia entre as artes plásticas, assinadas por JMangabeira e Lya Bettini, com o floral (Expoflora 2015)

Foto: Divulgação/Fabiano de Bruin

Cactos e suculentas são destaque no ambiente assinado pela paisagista Laura Eubanks para a Expoflora 2015. Essas espécies também foram utilizadas no quadro de 1m x 50 cm, ao fundo, que decora o espaço

Cactos e suculentas são destaque no ambiente assinado pela paisagista Laura Eubanks para a Expoflora 2015. Essas espécies também foram utilizadas no quadro de 1m x 50 cm, ao fundo, que decora o espaço

Foto: Divulgação/Fabiano de Bruin

Nesse ambiente criado pela arquiteta e paisagista Camila Simhon Bondar, o objetivo era valorizar o quintal das casas, um espaço onde as pessoas possam conviver e também cultivar plantações (Expoflora 2015)

Nesse ambiente criado pela arquiteta e paisagista Camila Simhon Bondar, o objetivo era valorizar o quintal das casas, um espaço onde as pessoas possam conviver e também cultivar plantações (Expoflora 2015)

Foto: Divulgação/Fabiano de Bruin

Elementos naturais típicos da Amazônia brasileira, como pés de cupuaçu e cestos de fibra de tucumã feito por povos indígenas, integram o ambiente assinado pela paisagista Cintia Rua. Nele também podem ser encontradas as kalonchoes resistentes ao envelhecimento (Expoflora 2015)

Elementos naturais típicos da Amazônia brasileira, como pés de cupuaçu e cestos de fibra de tucumã feito por povos indígenas, integram o ambiente assinado pela paisagista Cintia Rua. Nele também podem ser encontradas as kalonchoes resistentes ao envelhecimento (Expoflora 2015)

Foto: Divulgação/Fabiano de Bruin

Plantas ornamentais e frutíferas interagem no ambiente assinado pelo paisagista Mauro Contesini, que deu preferência à espécies que demandam baixa manutenção, como o lírio da paz. No canteiro estão lobélias e vasos de hibiscos (Expoflora 2015)

Plantas ornamentais e frutíferas interagem no ambiente assinado pelo paisagista Mauro Contesini, que deu preferência à espécies que demandam baixa manutenção, como o lírio da paz. No canteiro estão lobélias e vasos de hibiscos (Expoflora 2015)

Foto: Divulgação/Fabiano de Bruin

No ambiente de Joacir Alves e Caroline Batista Arantes, vasos em espaço aéreo atuam como alternativa para as casas que não podem comportar canteiros. Bromélias e orquídeas foram as flores escolhidas (Expoflora 2015)

No ambiente de Joacir Alves e Caroline Batista Arantes, vasos em espaço aéreo atuam como alternativa para as casas que não podem comportar canteiros. Bromélias e orquídeas foram as flores escolhidas (Expoflora 2015)

Foto: Divulgação/Fabiano de Bruin

 Quadros com samambaias, antúrios e aphelandra amarela decoram, juntamente com móveis de madeira de demolição, a varanda assinada pela paisagista Regina Camargo (Expoflora 2015)

Quadros com samambaias, antúrios e aphelandra amarela decoram, juntamente com móveis de madeira de demolição, a varanda assinada pela paisagista Regina Camargo (Expoflora 2015)

Foto: Divulgação/Fabiano de Bruin

Anexado a uma cozinha, o jardim assinado pela paisagista Débora Couro tem plantas com folhagens de cores neutras, como o virbuno. Ao fundo, em horta na parede, há o cultivo de temperos como alecrim, tomilho e salsinha (Expoflora 2015)

Anexado a uma cozinha, o jardim assinado pela paisagista Débora Couro tem plantas com folhagens de cores neutras, como o virbuno. Ao fundo, em horta na parede, há o cultivo de temperos como alecrim, tomilho e salsinha (Expoflora 2015)

Foto: Divulgação/Fabiano de Bruin

Samambaias, palmeiras, phillodendron e podocarpus compõem o ambiente assinado pelos arquitetos Sergio Gonzalez e Guilherme Gonzalez. Espelhos d’água e bromélias ganham destaque no espaço (Expoflora 2015)

Samambaias, palmeiras, phillodendron e podocarpus compõem o ambiente assinado pelos arquitetos Sergio Gonzalez e Guilherme Gonzalez. Espelhos d’água e bromélias ganham destaque no espaço (Expoflora 2015)

Foto: Divulgação/Fabiano de Bruin

Inspirado nos “pockets parks” dos Estados Unidos, ambiente criado pela paisagista Renata Guastelli e pela arquiteta Beth Araujo representa um espaço verde no meio do cenário urbano. Nele estão espécies reconhecidas pela NASA como purificadoras de ar, como a chamaedorea e a raphis (Expoflora 2015)

Inspirado nos “pockets parks” dos Estados Unidos, ambiente criado pela paisagista Renata Guastelli e pela arquiteta Beth Araujo representa um espaço verde no meio do cenário urbano. Nele estão espécies reconhecidas pela NASA como purificadoras de ar, como a chamaedorea e a raphis (Expoflora 2015)

Foto: Divulgação/Fabiano de Bruin

Palmeiras leque, orquídeas brancas e celósias em degradé laranja foram algumas das escolhas da paisagista Iara Kilaris para compor esse espaço de relaxamento, que atua como uma extensão da casa (Expoflora 2015)

Palmeiras leque, orquídeas brancas e celósias em degradé laranja foram algumas das escolhas da paisagista Iara Kilaris para compor esse espaço de relaxamento, que atua como uma extensão da casa (Expoflora 2015)

Foto: Divulgação/Fabiano de Bruin

Vasos, janelas e portões antigos remetem às “casas de vó” (onde se cultivava platações frutíferas no quintal) em jardim ecológico assinado pelos paisagistas Marcos Brancher e Sylvia Schleier para a Expoflora 2015

Vasos, janelas e portões antigos remetem às “casas de vó” (onde se cultivava platações frutíferas no quintal) em jardim ecológico assinado pelos paisagistas Marcos Brancher e Sylvia Schleier para a Expoflora 2015

Foto: Divulgação/Fabiano de Bruin

As decoradoras Marina Arruda e Bianca Haertel criaram um espaço para eventos no qual o jardim leva conforto e chamar ao convidados a partir do colorido de crisântemos e do aroma da sálvia e da hortelã (Expoflora 2015)

As decoradoras Marina Arruda e Bianca Haertel criaram um espaço para eventos no qual o jardim leva conforto e chamar ao convidados a partir do colorido de crisântemos e do aroma da sálvia e da hortelã (Expoflora 2015)

Foto: Divulgação/Fabiano de Bruin

A paisagista Laura Eubanks trabalha novamente com cactos e suculentas em jardim assinado para a Expoflora. Por não necessitarem de irrigação constante, são plantas indicadas para pessoas que desejam ter um paisagismo bonito mesmo sem muito tempo para se dedicar à manutenção dele (Expoflora 2015)

A paisagista Laura Eubanks trabalha novamente com cactos e suculentas em jardim assinado para a Expoflora. Por não necessitarem de irrigação constante, são plantas indicadas para pessoas que desejam ter um paisagismo bonito mesmo sem muito tempo para se dedicar à manutenção dele (Expoflora 2015)

Foto: Divulgação/Fabiano de Bruin

Vasos coloridos em polietileno de vários tamanhos foram espalhados pelo ambiente assinado pelas decoradoras Silvana Novaes e Ana Maria Gaspar, que tem temperos, ervas aromáticas e frutas em cultivo (Expoflora 2015)

Vasos coloridos em polietileno de vários tamanhos foram espalhados pelo ambiente assinado pelas decoradoras Silvana Novaes e Ana Maria Gaspar, que tem temperos, ervas aromáticas e frutas em cultivo (Expoflora 2015)

Foto: Divulgação/Fabiano de Bruin

Rosas, orquídeas e sálvias azuis são algumas das flores escolhidas para compor o ambiente assinado pelos paisagistas Fernando Codo e Ligia Rualdes. Eles optaram por espécies de fácil manutenção e que florescem em todas as estações do ano (Expoflora 2015)

Rosas, orquídeas e sálvias azuis são algumas das flores escolhidas para compor o ambiente assinado pelos paisagistas Fernando Codo e Ligia Rualdes. Eles optaram por espécies de fácil manutenção e que florescem em todas as estações do ano (Expoflora 2015)

Foto: Divulgação/Fabiano de Bruin

Plantas tropicais, como a helicônia, são destaque no ambiente assinado pela paisagista Ingrid Dierberger, a ser utilizado como espaço de descanso (Expoflora 2015)

Plantas tropicais, como a helicônia, são destaque no ambiente assinado pela paisagista Ingrid Dierberger, a ser utilizado como espaço de descanso (Expoflora 2015)

Foto: Divulgação/Fabiano de Bruin

Serviço:

Expoflora
Quando: de 28 de agosto a 27 de setembro, de sexta-feira a domingo, das 9h às 19h. A exposição estará aberta no feriado de 7 de setembro
Onde: ;SP-107 Km 340, s/n – Holambra (SP)
Ingressos: R$ 38,00. Crianças de até 5 anos acompanhadas de adulto não pagam valor de entrada.

Sem Parar

Comentários: (0)






-
Anhanguera