5 itens indispensáveis para a decoração da sua casa

Sem Parar

Arquitetas explicam como deixar os ambientes aconchegantes e com a personalidade do morador

Decorar a casa vai muito além de apenas escolher os itens que serão colocados nos ambientes. Além disso, serve como uma oportunidade para dar um toque pessoal ao lar. Neste contexto, alguns objetos costumam se destacar entre as escolhas, que tendem a ser motivadas não apenas pelos gostos pessoais, mas também pela versatilidade e custo acessível.


“Em uma grande lista, alguns itens consideramos como clássicos que não podem ficar de fora. Adornar o lugar onde moramos vai muito além do ato de seguir tendências: trata-se de transcender o efêmero, revelando nossos gostos e estilo de vida”, explicam as arquitetas Danielle Dantas e Paula Passos, sócias à frente do escritório Dantas & Passos Arquitetura.

Em vista disso, as profissionais listam 5 itens atemporais que não podem faltar na decoração. Confira!

1. Almofadas

Muito mais do que simples quadrados (ou retângulos) de conforto, as almofadas são acessórios decorativos que abrem oportunidades para adicionar cor, textura e padrões a um ambiente – embora pequenas, são detalhes que fazem a diferença em uma atmosfera convidativa. “Consideramos muito práticas, pois permitem uma rápida renovação do visual de uma sala de estar, por exemplo”, analisam Danielle e Paula.

Para comprá-las, as arquitetas dizem que é preciso considerar o enchimento, que varia entre espuma, poliéster e plumas, e os três materiais preferidos por elas para a capa: linho, veludo e algodão. “Essas opções são perfeitas tanto no que diz respeito às sensações do toque quanto para a lavagem”, enfatizam.

2. Tapetes

Para as especialistas, os tapetes são frequentemente subestimados, vistos como algo que passa despercebido ao olhar – em muitas ocasiões, nossa percepção é ativada apenas pelo toque dos nossos pés. Todavia, poucos sabem que um bom tapete é aquele que se conecta ao décor como um todo, proporcionando, além de sua finalidade de proteger e delimitar ambientes, um ponto visual interessante por suas características.

Âncoras visuais em qualquer espaço, na hora de escolher o tapete as arquitetas reforçam a relevância de ter as dimensões do espaço e a ousadia de sair do básico. Quanto ao material, lã, algodão e sintético são algumas das possibilidades comumente consideradas por elas nos projetos residenciais. “A lã é conhecida pela sua durabilidade, enquanto tapetes de algodão são fáceis de limpar e os sintéticos muito populares por sua resistência e custo mais acessível”, ressalta Danielle Dantas.

3 . Luminária

Grandes elementos do design de interiores, luminárias elegantes e apropriadas são essenciais para conceder uma atmosfera única em cada cômodo, uma vez que adicionam sofisticação e o potencial de assumirem papéis de destaque nos ambientes. Experientes, as arquitetas destacam uma ampla variedade de modelos com diferentes funções, como as de piso (geralmente alongadas), de parede, as versões fixas em pontos específicos e os abajures. “O modelo Tiffany é um clássico que amamos”, declara a dupla do escritório Dantas & Passos.

Ainda de acordo com elas, luminárias renovam e moldam a atmosfera que fazem parte, além, é claro, de prover uma iluminação capaz de destacar detalhes e criar um jogo de sombras inigualável. O nível de iluminação se alinha com o tipo do ambiente e o uso pretendido. “As peças de tarefa, por exemplo, devem fornecer uma iluminação mais intensa do que aquelas que selecionamos para uma luz geral para um ambiente”, explica Paula Passos.

4. Obras de arte

Muito bem aceitas, as obras das mais variadas artes são apostas certeiras tanto no quesito visual como na forma de expressão pessoal dos moradores. Uma peça marcante pode servir como ponto focal e acrescentar profundidade e personalidade ao ambiente.

“Consideramos que as obras de arte são uma janela para a alma do espaço e elas não estão restritas às pinturas de quadros, mas também englobam as fotografias, esculturas, objetos e móveis de antigos e contemporâneos. À medida que o ambiente incorpora a essência do morador, a sensação de conforto e familiaridade se intensificam”, esclarecem as arquitetas.

5. Peças de memória afetiva

Peças de memória afetiva estão ligadas a momentos, pessoas ou experiências singulares que evocam sentimentos profundos. “Elas desempenham um papel interessantíssimo na decoração, pois acrescentam um toque ainda mais autêntico aos espaços. Fotografias de família são os mais tradicionais, mas nesse pacote são incluídas também as lembranças de viagens, heranças como instrumentos musicais, máquinas de escrever, entre outros”, finalizam as arquitetas Danielle Dantas e Paula Passos.

Sem Parar

Comentários: (0)