Como a alimentação pode ajudar no combate ao estresse?

Em 23 de setembro é celebrado o Dia Mundial de Combate ao Estresse. Edson Ramuth, CEO do Emagrecentro, dá dicas para uma dieta equilibrada.

Determinados alimentos e bebidas possuem a capacidade de atenuar os sintomas do estresse, como ansiedade, nervosismo e irritabilidade. Ao mantermos o corpo bem nutrido, estamos, de fato, fortalecendo sua capacidade de enfrentar o estresse de forma mais eficaz.


Uma dieta que seja tanto saudável quanto equilibrada nos proporciona os nutrientes essenciais para otimizar o desempenho corporal, incluindo vitaminas, minerais, carboidratos, proteínas e gorduras saudáveis. Além de contribuir para a diminuição do risco de doenças crônicas, tais como diabetes, enfermidades cardíacas e respiratórias.

Para mais, o estresse também pode levar ao ganho de peso, à obesidade e à fadiga. Essas alterações podem afetar a aparência física e a autoestima das pessoas. Abaixo, o médico especialista em nutrologia e emagrecimento Dr. Edson Ramuth, CEO da rede de clínicas de emagrecimento e estética Emagrecentro, lista alguns exemplos de alimentos e bebidas para ajudar no combate ao estresse:

Frutas e vegetais : são ricos em vitaminas, minerais e antioxidantes, que são nutrientes essenciais para a saúde mental. Eles também são uma boa fonte de fibras, que podem ajudar a regular o açúcar no sangue e reduzir a inflamação. Por exemplo, os alimentos ricos em magnésio, como vegetais verde-escuros, ajudam a relaxar os músculos e a aliviar a ansiedade. Ingredientes ricos em vitamina C, como frutas cítricas, morangos e pimentões, são boas opções para fortalecer o sistema imunológico e reduzir a suscetibilidade a doenças.

Peixes gordurosos : como salmão, atum e sardinha, são uma excelente fonte de ômega-3 e têm sido associados a uma redução na ansiedade. O nutriente é um anti-inflamatório natural, que pode ajudar a reduzir a inflamação associada ao estresse. Além de aumentar a produção de serotonina, que ajuda a regular o humor, e reduz os níveis de cortisol.

Cacau : é uma ótima fonte de flavonoides, que são antioxidantes que podem ajudar a proteger o cérebro do cansaço.

Chá-verde : por ser uma fonte de catequinas, são antioxidantes e podem ajudar a reduzir a inflamação e melhorar o humor.

“Para manter uma rotina de alimentação saudável, é preciso fazer refeições regulares e equilibradas ao longo do dia, escolher alimentos frescos e integrais, limitar a ingestão de alimentos processados, açúcares e gorduras saturadas e beber bastante água”, alerta o médico, e completa, “é importante notar que a dieta não é a única maneira de lidar com o estresse. Exercício regular, dormir bem, praticar técnicas de relaxamento e terapia também podem ser úteis”.

Sem Parar

Comentários: (0)






Sem Parar
Sem Parar