Sylvester Stallone reconhece que Arnold Schwarzenegger foi superior

A rivalidade nos anos 80 entre Arnold Schwarzenegger e Sylvester Stallone ficou marcada na história de Hollywood, mas as duas estrelas de ação agora não estão mais competindo nas bilheterias todos os anos.


Stallone até faz uma aparição no novo documentário Arnold, da Netflix, para elogiar seu antigo rival por reinventar o gênero. Ele lembrou que o cenário de filmes de ação em que os dois entraram era completamente diferente daquele que eles criaram juntos.

“Os anos 80 foram uma época interessante, porque o ‘cara de ação’ definitivo ainda não tinha sido formado“, disse Stallone. “Até aquele momento, ação era perseguição de carros, como em Bullitt ou ‘Operação França. Eram filmes sobre ‘intelecto’, insinuações e muitas ‘falas’ aqui e ali.“

Schwarzenegger x Stallone

Quando os anos 80 chegaram, os humanos tomaram o lugar dos carros como os principais elementos da ação nesses blockbusters. Stallone creditou Schwarzenegger por ser um dos primeiros atores a impulsionar essa abordagem física na criação de filmes do gênero.

“Em Rambo: Programado Para Matar, era só ação. Usávamos o corpo pra contar uma história. O diálogo não era necessário. Vi uma oportunidade, pois ninguém mais fazia isso, exceto um outro cara da Áustria… que não precisava falar muito. Arnold começou a pegar pesado. Ele era superior. Ele tinha as respostas. Tinha o corpo e a força. Era o personagem dele.”

Stallone lembrou que a impressionante musculatura de Schwarzenegger o tornava muito mais resistente no set e permitia que ele continuasse filmando mesmo com lesões que teriam atrapalhado outros atores.

“Eu levava surra o tempo todo, enquanto Arnold quase não se machucava. Eu dizia, ‘Arnold, você poderia lutar contra um dragão e voltaria com um Band-Aid.’ Ele queria ser o número um. Infelizmente, ele conseguiu [risos]”

Por sua vez, Schwarzenegger não demorou a retribuir e encher Stallone de elogios. Ele explicou que a criatividade da estrela de Rocky o impedia de se acomodar e o obrigava a continuar inovando para se manter relevante.

“Sly estava à minha frente nos anos 80, então eu tinha que alcançá-lo. Toda vez que ele lançava um filme, tipo Rambo II, eu tinha que achar um jeito de superá-lo“, disse Schwarzenegger. “Sem Stallone, talvez eu não ficasse tão motivado nos anos 80 para fazer os tipos de filmes que fiz e trabalhar tão duro quanto trabalhei.”

Arnold está disponível na Netflix.



Comentários: (0)







Anhanguera