Banda de heavy metal Épica volta ao Brasil para sua maiorturnê

Nova turnê da banda holandesa no Brasil, sucesso da trilha sonora de “Pantera Negra”

A banda holandesa de heavy metal Épica está na estrada desde 2002, quando o guitarrista e vocalista Mark Jensen largou o After Forever. Com influência de vários gêneros ligados ao metal, eles incorporam elementos de ópera em suas músicas, além do vocal feminino de Simone Simons. Com vários shows marcados no Brasil no próximo mês, Simons falou sobre a expectativa da banda para seu retorno ao país.

Banda holandesa de heavy metal Épica volta o Brasil para shows em nove cidades

Banda holandesa de heavy metal Épica volta o Brasil para shows em nove cidades

Foto: Reprodução/Facebook

De acordo com ela, essa será a maior turnê do Épica por aqui. “É sempre um prazer tocar para o público brasileiro. Eles são muito apaixonados e tem ótima energia. Alguns dos nossos melhores shows foram no Brasil”, comentou. Ela ainda explicou que eles adicionaram três novas cidades que nunca tocaram antes. A banda de heavy metal se apresentam em Belo Horizonte, São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Curitiba, Manaus, Fortaleza e Recife.

Com o último álbum lançado em 2016, a banda liberou no final de 2017 um EP, “The Solace System”, com mais seis inéditas. “As músicas de TSS foram gravadas originalmente para ‘The Holografic Principle’”, explica Simone. Ela conta que gostaram tanto desse material de “sobra”, que decidiram dar um destino além de um “b-side”.

Arte e o lugar da mulher

Simone Simons

As letras do Épica, escritas principalmente pro Simone e Mark, refletem diversos assuntos, e ela acredita que a arte uma ótima maneira de ter sua voz ouvida. “Você pode atingir uma audiência maior e fazer as pessoas pensarem sobre coisas que elas talvez não pensariam antes. Outro aspecto importante é o fato de que Simone é mulher num ambiente largamente composto por homens. Não só no gênero, como na banda. “As mulheres ainda são ‘minoria’ se comparados com os homens, mas nosso impacto não é menor”, declarou. “Foi um longo caminho para que eu aprendesse como os homens pensam e a não levar algumas coisas tão a sério”, concluiu.


Anhanguera

Comentários: (0)





G4 Educação


Anhanguera
Anhanguera
Anhanguera