Marco Pigossi defende Dante e garante virada: ‘Impaciência do público é normal’

Sem Parar

Intérprete do policial em “A Regra do Jogo” comenta nova fase do personagem: “As respostas ele já encontrou, agora chega o momento de fazer justiça”

“A Regra do Jogo” está prometendo fortes emoções para as próximas semanas. Em entrevista, Marco Pigossi defende seu protagonista, Dante, alvo de várias críticas do público por ser um policial facilmente ludibriado – só na última quinta-feira (28), após 130 capítulos, ele descobriu as atividades criminosas de seu pai, Romero (Alexandre Nero), depois de ter sido enganado por ele durante toda a trama.

Marco Pigossi é Dante na novela

Marco Pigossi é Dante na novela “A Regra do Jogo”

Foto: Globo/Pedro Curi

Pigossi diz que o personagem está de acordo com o ;ritmo da novela e, agora, chegou a hora da grande virada. “João (Emanuel Carneiro, autor) construiu muito bem porque quem engana ele é o pai e o próprio avô. Isso tem de ser levado em consideração, não é tão absurdo assim ele não desconfiar das pessoas que mais ama. É natural existir essa ansiedade para as tramas se desenrolarem. A impaciência do público é normal, mas temos que lembrar que o personagem não vê a novela.”

As revelações do personagem vem dando fôlego à trama. O capítulo da descoberta fez a novela bater ;seu recorde de audiência até agora, cravando 35 pontos na Grande São Paulo (cada ponto equivale a 69,4 mil domicílios). O policial também tem se mostrado implacável em sua busca por provas para colocar o ex-vereador na cadeia.

Juliano (Cauã Reymond) e Dante, a dupla dinâmica de

Juliano (Cauã Reymond) e Dante, a dupla dinâmica de “A Regra do Jogo”

Foto: Globo/Estevam Avellar

Ele também acredita que Dante não cometeu nenhum erro e não sabe o que será mais chocante: descobrir que o pai é um bandido, que o avô, Gibson (José de Abreu) é o líder da facção ou que sua mãe, Kiki (Deborah Evelyn) está viva. “Estamos falando de personagens que estão acima de qualquer suspeita. Difícil responder qual será o maior choque, a maior surpresa. Todas essas revelações terão um impacto crescente não só na vida do Dante, mas também no desenrolar de toda a história da novela. Dante descobrir é a esperança de que justiça seja feita”.

Construindo o personagem

Marco Pigossi como Bento, protagonista da novela

Marco Pigossi como Bento, protagonista da novela “Sangue Bom” (2013)

Foto: Globo/Raphael Dias

Pigossi estreou na TV na minissérie “Um Só Coração” (2004). Sua primeira novela foi “Eterna Magia” (2007). Desde então, ele já fez protagonistas nos horários das 18h (“Boogie Oogie”) e 19h (“Sangue Bom”), além de ter sido um dos grandes destaques da novela “Caras e Bocas” (2009), quando interpretou o homossexual Cássio.

Com mais um protagonista no currículo, o ator fez um estudo profundo para conhecer melhor o personagem. “Acabei conhecendo o dia-a-dia do trabalho e da vida pessoal de outros policiais, como eles são dentro e fora da profissão. Já o treinamento policial é muito intenso. Busquei algo que fosse parecido e encontrei o (treino) funcional que já é conhecido, só que mais intenso, e me adaptei a ele”, conta. A mudança na alimentação teve acompanhamento profissional: “O Dante tem um corpo que também é importante para a história”, justifica.

A vida do personagem caminha para um momento decisivo, já que a trama chega ao fim em março. ;”Dante viveu sua vida atrás de respostas e justiça. As respostas ele já encontrou, agora chega o momento de fazer justiça”, complementa.


Sem Parar

Sem Parar

Comentários: (0)







-
Anhanguera
Sem Parar