8 dicas para se recuperar bem após o parto

Fernanda Maranha

Os cuidados pós-parto normal e cesárea são diferentes e essenciais para garantir uma boa recuperação da mãe

No início do mês, a duquesa de Cambridge e mulher do príncipe William, Kate Middleton, deu à luz a pequena princesa Charlotte Elizabeth Diana. Apenas 10 horas depois do parto, o casal deixou o hospital com a filha no colo. Kate parecia estar muito bem, usava até mesmo sapatos de salto. A boa aparência e a saída tão precoce do hospital geraram muitas dúvidas.

Antonio Paulo Stockler, obstetra do Hospital Universitário Antonio Pedro, diz ser importante salientar que Kate Middleton teve parto normal, cuja recuperação é muito mais rápida. “No parto normal não há nenhuma restrição de locomoção, quanto mais cedo andar, menor o risco de trombose”, diz.

Normalmente, no Brasil, as mulheres ficam cerca de 48 horas depois do parto no hospital, para se recuperar sob observação médica. “Tanto no parto normal, quanto na cesariana, é necessário esperar o útero contrair para parar o sangramento”, afirma Antonio.

Partos, mesmo que normais, mas que apresentaram alguma dificuldade merecem mais atenção. O especialista em ginecologia, obstetrícia e mastologia Maurício Sobral diz que trabalhos de parto longos, com bebês muito grandes ou sangramento excessivo podem precisar de mais tempo de internação. Ele também cita os fatores que contribuem para uma alta precoce: “A boa nutrição da mãe, fazer um pré-natal direitinho e ser bem assistida durante o parto”.

Na cesariana, além da contração uterina, também é preciso esperar o intestino e bexiga voltarem a funcionar e observar o local do corte, por conta de riscos de alergia ou até de infecção.

Antonio afirma que não tem nada de assustador em Kate Middleton sair bem e andando do hospital apenas 10 horas depois do parto. “É perfeitamente esperado isso acontecer”, diz.

“O risco de voltar a sangrar é maior nas primeiras 24 horas, por isso recomenda-se ao menos esse tempo de internação para observação, mas isso pode ser feito em um ambiente doméstico, se a mulher tiver rápido acesso à assistência médica”, conta Antonio que ainda diz que o ambiente hospitalar é contaminado, portanto se ela puder sair, sem riscos, quanto antes melhor.

Veja algumas dicas para se recuperar rápido do parto:

Após o parto normal, é recomendado andar quando se sentir confortável, para evitar o risco de trombose

Após o parto normal, é recomendado andar quando se sentir confortável, para evitar o risco de trombose

Foto: Thinkstock/Getty Images

Além se exercitar na gravidez, depois do parto normal também se recomenda exercitar a musculatura do períneo para recuperá-la

Além se exercitar na gravidez, depois do parto normal também se recomenda exercitar a musculatura do períneo para recuperá-la

Foto: Getty Images

Já se você teve cesárea, é importante ficar deitada nas primeiras 4 ou 6 horas após o nascimento do bebê

Já se você teve cesárea, é importante ficar deitada nas primeiras 4 ou 6 horas após o nascimento do bebê

Foto: PA

Ainda alguns dias depois da cirurgia de cesárea, é importante evitar carregar muito peso ou fazer atividades intensas

Ainda alguns dias depois da cirurgia de cesárea, é importante evitar carregar muito peso ou fazer atividades intensas

Foto: Thinkstock/Getty Images

Nas primeiras horas após a cesárea é recomendado que a mulher não fale, para não gerar gases que podem causar dor

Nas primeiras horas após a cesárea é recomendado que a mulher não fale, para não gerar gases que podem causar dor

Foto: Thinkstock/Getty Images

Em cortes de cesárea ou episiotomia é necessário fazer a higienização adequada para evitar infecções. Isso também contribui para uma rápida recuperação

Em cortes de cesárea ou episiotomia é necessário fazer a higienização adequada para evitar infecções. Isso também contribui para uma rápida recuperação

Foto: Thinkstock/Getty Images

A hidratação é essencial para a recuperação da mãe. Procure tomar de 2 a 3 litros de água diariamente nos dias que sucedem ao parto

A hidratação é essencial para a recuperação da mãe. Procure tomar de 2 a 3 litros de água diariamente nos dias que sucedem ao parto

Foto: Getty Images

Se alimentar com comida rica em proteína, ferro e vitaminas é importante para recuperar nutrientes perdidos com o sangramento do parto. Em alguns casos, o médico pode indicar a suplementação de vitaminas

Se alimentar com comida rica em proteína, ferro e vitaminas é importante para recuperar nutrientes perdidos com o sangramento do parto. Em alguns casos, o médico pode indicar a suplementação de vitaminas

Foto: Getty Images

 

Comentários: (0)






Sem Parar
-
Anhanguera