Taylor Swift acumula recordes com novo disco ‘folklore’

Se boa parte da magia de Taylor Swift era creditada aos seus rituais de lançamento minuciosamente planejados, a cantora provou que não precisa deles para manter-se no topo. Folklore, seu oitavo disco de estúdio, foi anunciado horas antes de chegar às plataformas de streaming, em 24 de julho, e já vendeu mais do que qualquer outro álbum lançado este ano.

Com 846.000 unidades comercializadas nos primeiros sete dias, o álbum teve a melhor semana de estreia desde Lover, lançado por ela mesma em agosto de 2019. Aliás, desde o lançamento de Reputation, em 2016, quando a cantora bateu a marca de Drake com 1,24 milhão de cópias, ninguém vende mais do que Taylor Swift na semana de estreia.


Com uma sonoridade alternativa, longe do pop-chiclete dos anteriores, e sem divulgação prévia, o disco de Taylor saiu provocando questionamentos da indústria musical sobre sua recepção, mas a estratégia rendeu números graúdos: folkore tornou-se o sétimo álbum consecutivo da cantora a estrear no topo da Billboard 200, a principal parada de discos americana — feito que lhe rendeu o recorde de artista feminina com mais estreias em primeiro na história do ranking.

Na sua cola, empatadas em segundo lugar, estão Beyoncé, Lady Gaga, Madonna e Britney Spears, com seis cada uma. Taylor ainda empatou com Janet Jackson como a terceira artista feminina a emplacar mais álbuns no topo do ranking, não necessariamente na semana estreia, atrás apenas de Barbra Streisand, com 11, e Madonna, com 9.

Cardigan, primeiro single do álbum, também estreou em primeiro na hot 100, ranking da Billboard que contabiliza a venda individual de músicas, tornando-a a primeira artista da história a estrear no topo das duas paradas na mesma semana. Ela também é a primeira mulher a emplacar duas músicas ao mesmo tempo no top 5, já que The 1, canção que abre o álbum, ocupa a quarta posição. Além das duas, todas as outras 14 músicas do folklore também figuram na parada, alçando o total de entradas da cantora no ranking de 97 para 113.

Com isso, Taylor ultrapassou a marca de Nicki Minaj, que era recordista absoluta com 110. No mundo dominado pelos streamings, a cantora ainda entrou no livro dos recordes com o álbum feminino mais reproduzido em 24 horas no Spotify, com 80,6 milhões de streamings, e na Apple Music, com 35,47 milhões.


Anhanguera

Comentários: (0)





G4 Educação


Anhanguera
Anhanguera
Anhanguera