Após cirurgia em Paris, Pelé desembarca em São Paulo e é novamente internado

O craque Pelé, o qual é o maior jogador dos campos brasileiros de todos os tempos, tinha sido internado às pressas com fortes dores. Tudo ocorreu na última terça-feira, 02 de abril, quando o ex-jogador foi encaminhado para um hospital em Paris depois de sentir febre. De acordo com informações da rádio RMC Sports, da França, o Rei do Futebol havia sido internado, no entanto, momentos depois a assessoria alegou apenas que ele havia sido medicado e logo voltaria ao Brasil, mas não foi isso que ocorreu.

Esse sábado, 06 de abril, ele foi diagnosticado que a infecção urinária havia sido controlado, mas terá que ficar ao menos mais um dia internado. Apesar da evolução positiva em seu quadro, sua saúde preocupa, pois ainda inspira muito mais cuidado. O veterano do esporte está no auge dos seus 78 anos. Espera-se que ele tenha alta do hospital Francês e volte para o Brasil, e no país seguirá com os cuidados no Hospital Albert Einstein.


Cinco dias se passaram e, após receber a notícia que finalmente poderia voltar para o país, Pelé desembarcou no aeroporto de Guarulhos, na região metropolitana de São Paulo, chegando na cidade por volta das 7h desta terça-feira. Logo depois o craque foi levado ao hospital Albert Einstein, ali mesmo na capital paulista. A equipe médica presente no momento deu uma nota e informou que o estado de saúde do ex-jogador é seguro e ele passa bem.

NOTA DOS MÉDICOS

“Deu entrada, nesta terça-feira no Hospital Israelita Albert Einstein, Edson Arantes do Nascimento, proveniente do Hospital Americano de Paris. Ele foi hospitalizado na capital francesa após apresentar quadro de infecção urinária desencadeada por cálculo em ureter. A infecção foi debelada.

No momento, está realizando exames admissionais e seu estado de saúde é bom.

Dr. Fabio Nasri, geriatra e endocrinologista
Dr. Gustavo Caserta Lemos, urologista
Dr. Miguel Cendoroglo, Diretor Superintendente do Hospital Israelita Albert Einstein”

No aeroporto, fãs fizeram questão de recepcionar o jogador brasileiro e demonstrar o afeto e estimar sua melhora. Pelé, muito bem humorado e cheio de esperança, brincou com os que estavam ali presentes e em um papo curto disse: “Infelizmente não vou poder jogar nesse domingo (risos)”.

Pelé também agradeceu o carinho de todos os que se preocuparam e tentaram saber notícias de seu estado de saúde, emocionado ele falou: “Quero aproveitar essa oportunidade para todos que ligaram para o hospital para ter notícias minhas, torcendo pelo meu pronto restabelecimento… Muita gente dizendo que fazia prece, orando por mim. E mais uma vez, graças a Deus foi tudo bem, estou aqui e viva o nosso Brasil”.


Anhanguera

Comentários: (0)





G4 Educação


Anhanguera