15 frases (ofensivas) que mães solteiras ouvem

Giovanna Tavares

“O pai é casado?” e “Por que você não usou camisinha?” são alguns exemplos; veja outros abaixo

Um homem solteiro chega ao parquinho, acompanhado dos filhos, e é prontamente associado à imagem de ótimo pai por muitas pessoas. É raro o questionamento da razão que o leva a cuidar das crianças por conta própria, muito menos do seu caráter. O mesmo nem sempre acontece com as mulheres que, no dia a dia, cumprem o papel de mãe e pai dos pequenos.

Já nos primeiros meses de gestação, elas são obrigadas a ouvir perguntas indiscretas e afirmações preconceituosas. Ruth Lopes, mãe de duas crianças, lembra que o foco da curiosidade das pessoas estava sempre no pai, e nunca em seu próprio bem-estar.

“As pessoas nem sabiam se eu tinha namorado ou marido. Mesmo assim, a primeira coisa que queriam saber era se o pai da criança estava feliz com o sexo do bebê, por exemplo. Nunca perguntavam sobre o que eu estava sentindo com tudo aquilo”, conta ela. Um dos caminhos que a jovem encontrou para lidar com o preconceito cotidiano foi criar a página Mãe Solteira, em uma rede social, que hoje conta com mais de 20 mil curtidas.

Foi assim que ela descobriu que não estava sozinha. “Criei a página em uma época que estava me sentindo muito deprimida. Acabei conhecendo mães e mulheres que passavam pelo mesmo. Todos os dias elas vêm conversar comigo, é um apoio para mim e para elas. Sinto que é um trabalho muito gratificante”, revela Ruth.

Flavia Werlang, autora do blog “Grávida, Estado Civil Mãe (Solteira)” e do livro Mãe Solo – Grávida e Solteira, e Agora? (Editora Palavracom), também já perdeu as contas de quantas vezes ficou sem reação ao ouvir algum comentário indiscreto por estar solteira. “As pessoas acham que essa mãe é culpada por ter sido abandonada. Alguma coisa ela fez para que o marido fosse embora. Também é muito comum afirmar que a gravidez é, na verdade, uma espécie de golpe, tentativa de viver às custas de R$ 300 de pensão”, desabafa a mãe.

>> Confira 15 frases ofensivas que as mães solteiras ouvem:

‘Coitada da mãe e da criança...Cadê o pai?’ – ser mãe solteira pode não ser fácil, mas não é a pior coisa do mundo, como as pessoas imaginam. A criança é cuidada e amada por alguém

‘Coitada da mãe e da criança…Cadê o pai?’ – ser mãe solteira pode não ser fácil, mas não é a pior coisa do mundo, como as pessoas imaginam. A criança é cuidada e amada por alguém

Foto: Getty Images

‘Nossa, mas vocês não quiseram se casar?’ – nem toda mãe é solteira por opção. Se não houve casamento foi porque uma das partes não quis compromisso. Trazer isso à tona pode ser doloroso para a mãe

‘Nossa, mas vocês não quiseram se casar?’ – nem toda mãe é solteira por opção. Se não houve casamento foi porque uma das partes não quis compromisso. Trazer isso à tona pode ser doloroso para a mãe

Foto: Getty Images

‘Ah, mas você ganha pensão, né? Que beleza!’ – a pensão, que é um direito da criança, não torna tudo mais simples ou fácil para a mãe solteira. Ela ainda precisa cumprir o papel duplo de mãe e pai no que diz respeito à educação e à criação da criança

‘Ah, mas você ganha pensão, né? Que beleza!’ – a pensão, que é um direito da criança, não torna tudo mais simples ou fácil para a mãe solteira. Ela ainda precisa cumprir o papel duplo de mãe e pai no que diz respeito à educação e à criação da criança

Foto: Getty Images

- ‘Você dá conta de criar duas crianças sozinha?’ – ser mãe solteira de duas crianças não é tarefa fácil, mas não é impossível. Esse é outro tipo de comentário ofensivo para muitas mães

– ‘Você dá conta de criar duas crianças sozinha?’ – ser mãe solteira de duas crianças não é tarefa fácil, mas não é impossível. Esse é outro tipo de comentário ofensivo para muitas mães

Foto: Getty Images

‘Deve ser mulher de vida fácil, que sai com um monte de gente’ – essa é uma das afirmações mais preconceituosas que uma mulher pode ouvir. Ter ou não ter um filho e ter muitos parceiros não diz nada sobre o caráter de uma pessoa

‘Deve ser mulher de vida fácil, que sai com um monte de gente’ – essa é uma das afirmações mais preconceituosas que uma mulher pode ouvir. Ter ou não ter um filho e ter muitos parceiros não diz nada sobre o caráter de uma pessoa

Foto: Getty Images

‘Por que não usou camisinha?’ – pergunta muito indiscreta sobre um ato íntimo da pessoa

‘Por que não usou camisinha?’ – pergunta muito indiscreta sobre um ato íntimo da pessoa

Foto: Getty Images

‘Você é nova, daqui a pouco casa ou encontra um homem bom’ – as pessoas assumem que essa mãe precisa se preocupar em encontrar um homem, mas talvez ela não queira. E isso deve ser respeitado

‘Você é nova, daqui a pouco casa ou encontra um homem bom’ – as pessoas assumem que essa mãe precisa se preocupar em encontrar um homem, mas talvez ela não queira. E isso deve ser respeitado

Foto: Getty Images

‘Seu marido deve estar muito feliz com essa gravidez’ – antes de mencionar marido, namorado, parceiro ou qualquer outra coisa, pergunte o atual estado civil da gestante. Isso evita qualquer tipo de constrangimento desnecessário

‘Seu marido deve estar muito feliz com essa gravidez’ – antes de mencionar marido, namorado, parceiro ou qualquer outra coisa, pergunte o atual estado civil da gestante. Isso evita qualquer tipo de constrangimento desnecessário

Foto: Getty Images

‘Duas crianças? Vai ser difícil achar um homem que te aceite assim’ – a mulher solteira que tem dois filhos não é menos do que ninguém. Por isso mesmo, não precisa se preocupar com nenhum tipo de aceitação

‘Duas crianças? Vai ser difícil achar um homem que te aceite assim’ – a mulher solteira que tem dois filhos não é menos do que ninguém. Por isso mesmo, não precisa se preocupar com nenhum tipo de aceitação

Foto: Getty Images

‘O pai é casado? Você era a amante?’ – novamente, aqui a mãe solteira é julgada de uma maneira preconceituosa. Não assumir a criança é uma vontade do pai, independente da mulher grávida em questão

‘O pai é casado? Você era a amante?’ – novamente, aqui a mãe solteira é julgada de uma maneira preconceituosa. Não assumir a criança é uma vontade do pai, independente da mulher grávida em questão

Foto: Getty Images

‘O que aconteceu para ele não ficar ao seu lado?’ – essa frase atribui a ‘culpa’ do abandono à própria mãe solteira. Não é algo que deve ser questionado em hipótese alguma

‘O que aconteceu para ele não ficar ao seu lado?’ – essa frase atribui a ‘culpa’ do abandono à própria mãe solteira. Não é algo que deve ser questionado em hipótese alguma

Foto: Getty Images

‘Você sabe quem é o pai?’- esse é outro juízo de valor que é imputado à mulher

‘Você sabe quem é o pai?’- esse é outro juízo de valor que é imputado à mulher

Foto: Getty Images

‘O pai queria ter um menino ou uma menina?’ – se ele não faz questão de acompanhar a gravidez e a criação desse filho, talvez o sexo seja uma das menores preocupações desse pai. Melhor não perguntar nada

‘O pai queria ter um menino ou uma menina?’ – se ele não faz questão de acompanhar a gravidez e a criação desse filho, talvez o sexo seja uma das menores preocupações desse pai. Melhor não perguntar nada

Foto: Getty Images

‘Esse filho foi para segurar o seu namorado/marido?’ – mais um senso comum muito associado à imagem da mãe solteira. É uma pergunta indiscreta, que não deve ser feita

‘Esse filho foi para segurar o seu namorado/marido?’ – mais um senso comum muito associado à imagem da mãe solteira. É uma pergunta indiscreta, que não deve ser feita

Foto: Getty Images

 ‘Daqui a pouco arruma outro filho’ – e se o sonho dessa mulher realmente for ter mais uma criança? Ser mãe solteira não implica necessariamente em ter vários filhos, mas o desejo de cada indivíduo deve ser respeitado

‘Daqui a pouco arruma outro filho’ – e se o sonho dessa mulher realmente for ter mais uma criança? Ser mãe solteira não implica necessariamente em ter vários filhos, mas o desejo de cada indivíduo deve ser respeitado

Foto: Getty Images

* Frases selecionadas por Ruth Lopes e Flavia Werlang



Comentários: (0)





G4 Educação


Anhanguera
Anhanguera