Polícia descobre famosos que criaram fakes para atacar Wesley Safadão e esposa

Wesley Safadão e Thyane Dantas decidiram processar os perfis nas redes sociais que os atacaram na época em que Mileide Mihaile havia colocado o cantor na Justiça. O processo que corre em segredo de Justiça na 7ª Vara Criminal do fórum de Fortaleza e o colunista Leo Dias teve acesso aos documentos.

Eles processam mais de cem pessoas envolvidas no escândalo, entre elas, algumas famosas, que criaram fakes para proferir ataques e prejudicar a esposa do músico. A mãe de Wesley Safadão, dona Bill, resolveu tomar à frente das investigações e gastou mais de R$ 500 mil na busca pelos responsáveis.

Ela contratou uma empresa para descobrir o IP, a identidade dos computadores e celulares de onde partiram os ataques, e encontrou centenas de haters, segundo a publicação. Diante disso, ela propôs que eles entregassem os aparelhos voluntariamente para a diminuição da pena e assim o fizeram.


Com os celulares em mãos, foi aí que a polícia descobriu pessoas próximas da família e até mesmo famosos que passavam as informações sobre eles para as pessoas que os atacavam. Conversas de WhatsApp, áudios e e-mails foram registrados em cartório por dona Bill, que desmascarou alguns famosos envolvidos.

Quem serão? Vamos aguardar novas informações… Vale lembrar que uma “fã” já foi condenada nessa história. A pessoa em questão, que não teve o nome divulgado, detonou a atual esposa do músico e fez graves acusações, insinuando que ele não seria o pai da criança que ela teve recentemente, e acabou sendo processada.

Revoltada com a situação, Thyane Dantas fez questão de colocar essa pessoa e vários outros perfis que destilaram ofensas na internet na Justiça, e agora, a juíza Teresa Cristina Cabral Santana, da 2ª Vara Criminal da Comarca de Santo André, em São Paulo, acaba de dar a sua sentença.

De acordo com a coluna do jornalista Leo Dias, a ré foi julgada e condenada por calúnia e difamação. Dessa forma, ela terá que pagar uma pena de 96 horas de prestação de serviços comunitários durante três meses. Muitos responsáveis pelos ataques se escondiam atrás de perfis fakes.

No entanto, cada vez mais eficaz, a Justiça tem encontrado cada um deles. Ou seja, é melhor tomar cuidado…


Anhanguera

Comentários: (0)







Anhanguera
Anhanguera
Anhanguera