‘The Walking Dead’ sofre com perda de audiência e desafia seus produtores

Capitulo final da sétima temporada teve terceira pior audiência da história; Scott Gimple, produtor, comenta rumos da oitava temporada da série

Depois de sete longos anos no ar, “The Walking Dead” se prepara para sua oitava temporada – e as coisas não vão bem como poderiam. O último episódio da sétima temporada foi ao ar no último domingo (2) e registrou o terceiro pior índice de audiência da história do programa com uma média cerca de 20% menor do que a sexta temporada, de acordo com o site Deadline. Vivendo uma realidade de queda de audiência, o produtor Scott Gimple terá de arranjar uma saída para reconquistar o público perdido. Em entrevista ao The Hollywood Reporter, ele comentou caminhos para seguir na próxima temporada.

''The Walking Dead'' segue perdendo audiência e produtores da série precisam criar soluções para sua próxima temporada

”The Walking Dead” segue perdendo audiência e produtores da série precisam criar soluções para sua próxima temporada

Foto: Divulgação

Recorde negativo

Mesmo sendo um dos “ovos de ouro” da AMC, “The Walking Dead” está rolando ladeira abaixo – além das críticas negativas, o último capítulo da sétima temporada da série encarou rejeição e conquistou o terceiro pior índice da sua história, atrás apenas do final da primeira e segunda temporadas.

Desde sua quarta temporada a produção não consegue manter a audiência ao longo das semanas e sempre marcou pontuações menores no final do que no começo – e isso pode indicar uma perda no ritmo ao longo dos episódios. O décimo sexto – e último capítulo – da série, segundo o Deadline, teve por volta de 11,3 milhões, ou seja, 20% a menos que o equivalente da temporada anterior, considerando que em 2016 sua audiência já estava em declínio.

Estratégias

Lidando com uma crise do programa, Scott Gimple, produtor da série, falou ao The Hollywood Reporter que a oitava temporada poderá ser levemente diferente das demais para acompanhar melhor os quadrinhos – onde acontece um grande salto temporal entre os eventos. É possível que ele opte por realizar alterações na cronologia dos fatos para encaixar a história no formato televisivo. “Em geral, eu acho que vai haver um pouco mais de conteúdo em relação ao que Robert [Kirkman] fez referências. […] Nós vamos definitivamente honrá-lo e fazê-lo, mas definitivamente vamos ter mais destaque para isso ou talvez faremos de uma maneira diferente”.

Criador da série, Robert Kirkman, que também trabalha na adaptação ao lado de Gimple, também conversou com o veículo sobre o futuro de “The Walking Dead”. “Nós conversamos sobre se vamos ou não fazer tudo o que aconteceu nos quadrinhos. Isso é algo que Scott e eu estamos discutindo o tempo todo”, afirmou.


Anhanguera

Comentários: (0)







Anhanguera
Anhanguera
Anhanguera